Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog sobre tudo e nada

O nome diz tudo, blog pessoal, partilhado com o mundo e para não ser levado (demasiado) a sério!

Blog sobre tudo e nada

O nome diz tudo, blog pessoal, partilhado com o mundo e para não ser levado (demasiado) a sério!

10
Dez17

Projecto Best Burguer #5

Já quase não me lembrava de escrever um post...OMG, estou em muita falta, mas tenho trabalhado, arduamente em bastidores,  para esta rubrica!

Desta vez, venho falar-vos do Bira dos Namorados, em Braga. Oh sítio mais fofo para se comer!! 

Atenção que não é um local para se levar só aquela pessoa especial, podem levar uns amigos/as, os pais. Tem um ambiente muito agradável, a comida é muito boa, a decoração é super engraçada e não sei se foi por ser em época natalícia, mas a montra de Natal é qualquer coisa de fofinha...uma autêntica CIDADE DE NATAL.

A nossa visita foi no dia 11 de Novembro (eu sei, já lá vai um tempo), mas ainda guardo todos os pormenores para partilhar com vocês.

BN

Cheguem cedo!!! A abertura para o jantar é às 19:30, mas a partir das 18:45 já se começa a formar fila. E como sei eu essas coisas? Porque como estava de turista, por Braga, uma vez que depois ia ao teatro, ver os Guardas do Taj, fui cedo e aproveitei para ver aquela zona, quando me comecei a deparar com a fila à porta e claro, toda eu comecei a ficar nevorsa... (lembro-me que era um sábado à noite).

 

Depois de uma longa espera à porta, ao frio, pois esta só abre mesmo depois das 19:30 (buuuuuuuuuuuuu) foi a correria para as mesas e depois de alapar e pedir o Gin de praxe consegui acalmar. Como tinha o estômago desamparado desafiei a BFF a manjar umas tostas com queijo de cabra, nozes e mel e enquanto aguardava já a minha imaginação passeava por um pão saloio ou rústico torrado, com aquele queijinho salgado, em contraste com o doce do mel e uma ou duas meias nozes só a enfeitar, mas a dar o gostinho, tudo assim estaladiço, quando nos chega à mesa...isto:

Pseudo-tostas

Confesso que o meus estômago chorou de raiva... não se faz...um nome tão pomposo e afinal são micro-tostas onde se mete o simples patê de atum, minha gente! Preferia um papo seco!!! 

 

A sorte deles foi que o hamburguer compensou...e muito.

O menu, vem com nomes de músicas populares e eu escolhi o hamburguer que tem para além de carne de vaca, um pouco de alheira também, confesso que o nome não me lembro...só sei que valeu cada dentada 

Claro que não nos ficamos por aqui e de sobremesa foi um cheesecake de lima e uma mousse de manteiga de amendoim e snickers SOOOOOOLD 

 

 

 Avaliação:

  • Espaço - 9 (uma decoração muito gira, pena é o tempo de espera, mesmo vendo as pessoas à porta, ao frio, não abrem, para servirem uns aperitivos )
  • Qualidade dos ingredientes - 10 (adorei tudo, desde os diferentes molhos, até à junção das "batatas fritas" normais e batata doce)
  • Aspecto do prato - 7 (prato bonito, empratamento normal e tem salada com fruta )
  • Sabor do hamburguer - 8 (o hamburguer grelhado é bom 
  • Relação qualidade/preço - 8 (o normal para hamburguerias artesanais)
  • Serviço de atendimento - 10 (nada a apontar   )

Traduzindo em percentagens:

 

Espaço10%0.9

Serviço de atendimento

15%1.5
Aspecto do prato5%0.35
Qualidade dos ingredientes25%2.5
Sabor30%2.4
Realção qualidade/preço15%

1.2

Total 100%

8,85

 

 

Boas Gordices!!! 

 

09
Out17

Meu lindo Porto

Todos os sábados me dirijo à minha segunda cidade, a bela da IMBICTA!! Estou a frequentar um curso, nas manhãs de sábado, de modo que mato sempre as saudades da cidade nesta altura, mas confesso que já há bastante tempo que ir para o Porto se torna um 31 do caraças...o trânsito infinito, o boom de gente que não sei de onde surgiu, o acumular de trabalho que me esgota e que mal chega o sábado penso: Lá tenho eu de ir ao Porto, outra vez! 

 

Este sábado aproveitei para estar com uma amiga minha, que apesar de viver no Porto já não a via desde Março  é triste , mas é a verdade...o people deixa-se levar pelas rotinas e depois esquece-se de aproveitar os momentos com aqueles de quem mais gosta...

 

Combinamos almoçar na Baixa, na hamburgueria steak and shake (mais uma comparação para o Best Burguer ) e qual é o meu espanto que depois de deixar o carro, no parque dos aliados, me deparo com uma fila de km de pessoas para entrarem na livraria LELO . As esplanadas estavam a abarrotar de gente, ouvia-se um italiano perfeito nas ruas, um inglês puxado e até um alemão ranhoso  era estrangeirada que não se podia...Até ao almoço fiquei incomodada com as pessoas que tiravam fotos à parede de azuleijos da Joana Vasconcelos, cartão de visita da hamburgueria steak and shake, que tem algumas mesas junto às janelas da obra de arte e numa das quais nós estávamos a almoçar.

 

 

Depois de almoço, seguimos para uma cusquice de esplanada e decidimos matar saudades dos melhores eclairs da cidade, na Leitaria da Quinta do Paço, mesmo ali ao lado. Após uma longa espera no atendimento, os sumos naturais vieram em todo o seu esplendor "NATURAL" e estavam quentes, porque laranjas no frigorífico é old school... Foi uma desilusão tão grande...estava um calor dos diabos, uma confusão de gente que só visto...tudo estava cheio.

 

Percebo que é ótimo para o nosso comércio, a nossa economia a fluir, mas fica impossível para os da casa usufruirem da nossa cidade tão linda e única. 

 

Portugal está na moda, ganhámos o óscar do turismo, sabemos receber, temos qualidade (ainda não vi comida melhor que a nossa ) e somos um povo simpático e até submisso para com a estrangeirada... óbvio que quem vem, gosta e revisita, mas tenho saudades do meu Porto de há 8/10 anos atrás, onde era tudo tão mais calmo 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D