Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog sobre tudo e nada

O nome diz tudo, blog pessoal, partilhado com o mundo e para não ser levado (demasiado) a sério!

Blog sobre tudo e nada

O nome diz tudo, blog pessoal, partilhado com o mundo e para não ser levado (demasiado) a sério!

10
Dez17

Projecto Best Burguer #5

Já quase não me lembrava de escrever um post...OMG, estou em muita falta, mas tenho trabalhado, arduamente em bastidores,  para esta rubrica!

Desta vez, venho falar-vos do Bira dos Namorados, em Braga. Oh sítio mais fofo para se comer!! 

Atenção que não é um local para se levar só aquela pessoa especial, podem levar uns amigos/as, os pais. Tem um ambiente muito agradável, a comida é muito boa, a decoração é super engraçada e não sei se foi por ser em época natalícia, mas a montra de Natal é qualquer coisa de fofinha...uma autêntica CIDADE DE NATAL.

A nossa visita foi no dia 11 de Novembro (eu sei, já lá vai um tempo), mas ainda guardo todos os pormenores para partilhar com vocês.

BN

Cheguem cedo!!! A abertura para o jantar é às 19:30, mas a partir das 18:45 já se começa a formar fila. E como sei eu essas coisas? Porque como estava de turista, por Braga, uma vez que depois ia ao teatro, ver os Guardas do Taj, fui cedo e aproveitei para ver aquela zona, quando me comecei a deparar com a fila à porta e claro, toda eu comecei a ficar nevorsa... (lembro-me que era um sábado à noite).

 

Depois de uma longa espera à porta, ao frio, pois esta só abre mesmo depois das 19:30 (buuuuuuuuuuuuu) foi a correria para as mesas e depois de alapar e pedir o Gin de praxe consegui acalmar. Como tinha o estômago desamparado desafiei a BFF a manjar umas tostas com queijo de cabra, nozes e mel e enquanto aguardava já a minha imaginação passeava por um pão saloio ou rústico torrado, com aquele queijinho salgado, em contraste com o doce do mel e uma ou duas meias nozes só a enfeitar, mas a dar o gostinho, tudo assim estaladiço, quando nos chega à mesa...isto:

Pseudo-tostas

Confesso que o meus estômago chorou de raiva... não se faz...um nome tão pomposo e afinal são micro-tostas onde se mete o simples patê de atum, minha gente! Preferia um papo seco!!! 

 

A sorte deles foi que o hamburguer compensou...e muito.

O menu, vem com nomes de músicas populares e eu escolhi o hamburguer que tem para além de carne de vaca, um pouco de alheira também, confesso que o nome não me lembro...só sei que valeu cada dentada 

Claro que não nos ficamos por aqui e de sobremesa foi um cheesecake de lima e uma mousse de manteiga de amendoim e snickers SOOOOOOLD 

 

 

 Avaliação:

  • Espaço - 9 (uma decoração muito gira, pena é o tempo de espera, mesmo vendo as pessoas à porta, ao frio, não abrem, para servirem uns aperitivos )
  • Qualidade dos ingredientes - 10 (adorei tudo, desde os diferentes molhos, até à junção das "batatas fritas" normais e batata doce)
  • Aspecto do prato - 7 (prato bonito, empratamento normal e tem salada com fruta )
  • Sabor do hamburguer - 8 (o hamburguer grelhado é bom 
  • Relação qualidade/preço - 8 (o normal para hamburguerias artesanais)
  • Serviço de atendimento - 10 (nada a apontar   )

Traduzindo em percentagens:

 

Espaço10%0.9

Serviço de atendimento

15%1.5
Aspecto do prato5%0.35
Qualidade dos ingredientes25%2.5
Sabor30%2.4
Realção qualidade/preço15%

1.2

Total 100%

8,85

 

 

Boas Gordices!!! 

 

31
Out17

Bimby

Há muito que sou fã deste robô de cozinha e finalmente vou investir numa coisa destas!!! 

 

É muito dinheiro, é certo, mas arranjei uma maneira de não custar tanto, com pagamentos a prestações. Á primeira vista, os anti-robôs de cozinha criticam estes aparelhos, sem conhecerem ao certo todo o potencial deste aparelho. Eu própria vou ter uma guerra, em casa, com o uso deste aparelho, uma vez que a minha mami teima em não aceitar o potencial do robô. Mas espero que daqui a uns tempo estejamos as duas a bater palminhas enquanto o robô cozinha a paparoca. 

 

Já tenho a demostração marcada para o próximo Domingo e estou com um friozinho na barriga, pois já sei que vou ter vontade de experimentar tudo de uma só vez  e prometo que as melhores receitas vêm directamente para aqui  para sermos badoxinhas todos juntos! 

30
Out17

Projecto Best Burger #4

Já devia um post de hamburguers há algum tempo e mesmo a escolha não sendo uma hamburgueria 100% dita artesanal, acho que merece destaque pelo sabor dos "pratos".

Hoje vou falar-vos da minha experiência na hamburgueria Steak and Shake. Gostei tanto da experiência no Porto que repeti a dose, desta vez em Braga  e ambas são boas opções.

Acho interessante juntar as duas experiências num mesmo post, os hamburguers foram diferentes, mas os restantes padrões de comparação são muito semelhantes.

Nas duas ocasiões fui com amigas distintas, todas a experimentar pela primeira vez, portanto a única repetente fui eu e vou já a seguir se me desafiarem. 

A decoração dos espaços é muito semelhante, neste aspecto, é como ir a uma cadeia de fast food normal com todos os padrões a cumprir.

 

Porto

 Se na primeira vez pedi um menu médio, na segunda fui gulosa e arrisquei num menu grande, mas sobraram batatas fritas.  E porque fui mais papista que o Papa? Porque as batatas fritas são qualquer coisa de fantásticas,  palitos fininhos, ainda com casca, uma coisa muito artesanal para a ocasião e podemos pedir extra queijo chedar e/ou bacon e claro está, que badoxa como sou, bota chedar nisso!!  

Para beber, pedi das duas vezes um milkshake de morango (é ótimo e muito refrescante) e quebrei toda aquela ideia de que uma cola é que cai bem com a coisa...nada disso, nos EUA, a formar obesos desde muito cedo é que sabem que milkshake com hamburguer é que é bom e de facto a mistura, a princípio nojenta, torna-se um pitéu e uma junção fantástica!  Só não consegui molhar as batatinhas com chedar no milkshake, como uma verdadeira americana, mas isso é pedir demais!  

 

Já experimentei dois hamburguers diferentes: numa primeira vez, optei pelo Western BBQ n' Bacon e em Braga arrisquei, a conselho do meu irmão, o Royale.

Menu

Gostei igualmente dos dois, ambos têm coisas que aprecio. Se no BBQ n'Bacon tenho o molho barbecue e a cebola frita, no segundo tenho a salada e ovo estrelado que já se sabe que a gema vai rebentar e fazer maravilhas.  O pão é bom, super fofo e aqui é que o menu talvez não seja o mais artesanal possível, uma vez que se nota que o pão tem algumas características dos pães de hamburguerias fast food, como a durabilidade e conservantes postos, mas dá 1000/0 aos pães do Mac e Burguer King.

 

O hamburguer é grelhado na chapa à nossa frente e os restantes ingredientes têm frescura  e volto a insistir nas maravilhosas BATATAS FRITAS com CHEDAR,  são ótimas.

BBQ n'Bacon

Milkshake morango

 

 Avaliação:

  • Espaço - 6 (uma decoração normal, reina o vermelho, preto e branco)
  • Qualidade dos ingredientes - 7 (só porque o pão não é "caseiro", de resto nada a apontar na qualidade dos produtos - hamburguer muito saboroso)
  • Aspecto do prato - 5 (nada de especial)
  • Sabor do hamburguer - 8 (o hamburguer grelhado é bom  e entre os dois que já experimentei, acho que prefiro o Western BBQ n' Bacon pelo molho) 
  • Relação qualidade/preço - 8.5 (preço mais acessível que nas hamburguerias artesanais, mas compreensível para uma cadeia de lojas deste tipo)
  • Serviço de atendimento - 10 (nada a apontar   )

Traduzindo em percentagens:

 

Espaço10%0.6

Serviço de atendimento

15%1.5
Aspecto do prato5%0.25
Qualidade dos ingredientes25%1.75
Sabor30%2.4
Realção qualidade/preço15%

1.275

Total 100%7.775

 

Quem andar pelo Braga Parque ou pela baixa Portuense já sabe o que pode "petiscar" 

 

Boas gordices!  

17
Jul17

Projecto Best Burguer #3

Este fim de semana foi passado na cidade da "Imbicta"  e claro está, a barriguinha ficou cheia, com boa paparoca e a mente desanuviou da rotina semanal. 

 

Quando nos juntamos a amigos, a diversão é garantida, mas se os amigos forem badoxinhas como nós, não só temos a alegria atestada, como o estômago bem aconchegado e a junção perfeita! 

Ontem foi dia de experimentar sítios novos, reservamos a tarde para uma "festa na praia", em Gaia, na praia da Madalena, onde o Daiquiri Lounge Bar comemorava 1 ano de existência e apesar de o sítio ser interessante e até muito bem localizado, o aglumerado de gente era tal que só nos queríamos vir embora, os mojitos deixaram muito a desejar e para compensar o desgosto de final de tarde, regressámos ao Porto para um jantarzinho na Baixa.

 

O local escolhido foi a Hamburgueria Honorato, e ficámos todos bem impressionados. 

O espaço é bastante agradável, bem decorado, muito bem localizado, juntinho à Torre dos Clérigos e o atendimento não deixou nada a apontar.

Somos recebidos à porta e encaminhados de seguida a uma mesa livre. Não tínhamos qualquer tipo de reserva, mas também não houve dificuldade em arranjar uma mesa para 4, num Domingo à noite.

A nossa mesa era de frente para a cozinha, com vista priveligiada sobre a confeção dos hamburgueres e a ementa dispunha de 14 diferentes.

 Eu optei pelo Capitão Fauto, trocando o meu "amigo" agrião por alface e gostei bastante. Para a mesa, vieram também as opções Honorato e X-Tudo, tudo em versões normais, já que há possibilidade de pedir o mini-hamburguer. 

 

Capitão Fausto

X-Tudo

Honorato

 

Todos os hamburgueres vêm acompanhados de batatas fritas e maionese de alho 

Mais uma vez, venho a uma hamburgueria que separa a salada do hamburguer com uma fatia de pão, impedindo assim que a salada fique quente e mole, e assim, em cada garfada a salada está fresca e a alface fica impecável.

Confesso que a minha escolha, Capitão Fauto, baseou-se no molho barbecue e na opção de pickles (que eu adoro) e mais uma vez a cebola vinha caramelizada no molho adocicado, sendo uma ótima alternativa para quem não aprecia cebola crua (o meu caso). 

O hamburguer estava grelhado em ponto médio, ótimo, com a carne rosada e muito saborosa.

As batatas fritas estavam bem sequinhas de óleo e não eram congeladas  o que melhora em muito o prato!

 

Avaliação:

  • Espaço - 9 (uma decoração engraçada, não é um espaço muito grande, mas curiosamente o ambiente é bastante sossegado. O WC não combina muito com o espaço, fica em piso inferior e tem muito pouca luz)
  • Qualidade dos ingredientes - 9 (num dos pratos o ovo veio passado demasiado, mas no geral, nada a apontar)
  • Aspecto do prato - 5 (nada de especial)
  • Sabor do hamburguer - 8.5 (falando apenas do Capitão Fausto, ótima junção da cebola com o molho barbecue e os pickles, o hamburguer grelhado era realmente muito bom e mesmo sem molho aquele hamburguer estava no ponto, gostei bastante
  • Relação qualidade/preço - 8.5 (preço bom para a Baixa portuense)
  • Serviço de atendimento - 10 (nada a acrescentar )

Traduzindo em percentagens:

 

Espaço10%0.9

Serviço de atendimento

15%1.5
Aspecto do prato5%0.25
Qualidade dos ingredientes25%2.25
Sabor30%2.55
Realção qualidade/preço15%

1.275

Total 100%8.725

 

Quem andar pelo Porto e quiser aconchegar o estômago com um hamburguer artesanal top, já sabe, Honorato é uma boa opção , recomendo!

 

Boas gordices! 

 

08
Jun17

Vai um Pastel de Chaves?

Para petiscar, uma pessoa está sempre pronta, então se adicionarmos à equação massa folhada e recheios apetitosos, a coisa ultrapassa o limite do racional!

 

Eu pessoalmente sou fã de qualquer variedade de salgados e muitas vezes troco um doce por um rissol de leitão, camarão, empadas, fatia de piza ou até batatas fritas  (tudo o que faz bem, não é verdade?).

 

Andava já há algum tempo para experimentar os pastéis de chaves da famosa cadeia de lojas cá do norte, A Loja dos Pastéis de Chaves e sábado passado foi o dia. Fui à loja da Boavista, no Porto, e gostei muito do famoso pastel. 

 

O conceito da loja é bastante engraçado, o produto principal é de facto o famoso pastel de Chaves, no entanto os recheios que podemos escolher são variadíssimos, desde recheio de vitela, frango, frango com tomate seco, frango com chili, vegetariano, bacalhau até aos doces, com chocolate e doce de ovos e amêndoa.

 

A massa dos pastéis é muito boa, super estaladiça, claro que um bocadinho gordurosa, mas faz parte (quem vai comer um pastel não pode estar à espera da versão diet) e mesmo eu preferindo mais recheio (notei que a porção de recheio é pequena) soube muito bem e não fiquei enfartada. 

 

Fui durante a hora de almoço, estava calmo e de entrada experimentei então o pastel de frango e chili. Algo picante para abrir o apetite. Para acompanhar pedi um sumo de maracujá, que infelizmente não tinham e lá troquei pela limonada. Confesso que a limonada não me agradou muito porque estava demasiado doce.  

Para o almoço temos à disposição algumas saladas, sandes em pão saloio, Bagels variados e até a opção de Brunch que tinha muito bom aspecto, mas a minha fome não era muita, portanto optei por um Bagel de salmão fumado, rúcula e ricota.

 

 O Bagel era bom, também com a combinação de salmão fumado, ricota e rúcula, fica difícil não gostar, no entanto eles acrescentam molho cocktail, que talvez em menor quantidade não fosse pior, uma vez que o molho acaba por se sobrepor a todos os outros ingredientes o que é pena.

 

Vou, com certeza, lá voltar para experimentar as outras versões de pastéis. Infelizmente, não devêmos comer todas as opções de uma só vez!!

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D