Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog sobre tudo e nada

O nome diz tudo, blog pessoal, partilhado com o mundo e para não ser levado (demasiado) a sério!

Blog sobre tudo e nada

O nome diz tudo, blog pessoal, partilhado com o mundo e para não ser levado (demasiado) a sério!

31
Jan17

Portugal tem títulos a mais!!

Nos dias de hoje, Portugal sofre de uma grave doença, denominada "Pomposidade Crónica"!

 

A palavra Doutor é gasta até à exaustão, isto sem contar com os/as Sr/Srª Engº/Engª, Arquitecto(a) e afins. E porquê? Porque fica bem? Existem interesses associados? Ou simplesmente por ignorância dos intervenientes? Honestamente não sei o propósito destes tratamentos, pois infelizmente não são esses títulos que fazem do ser humano uma pessoa melhor!

 

Esta questão ainda se complica mais no mundo do trabalho, onde se vêm os egos elevarem-se a um patamar ridículo e pouco saudável. A distinção entre títulos académicos é fortemente vincada por pessoas, que de humildade têm muito pouco e de profissionalismo têm menos ainda. 

 

Já alguém consultou uma lista telefónica interna de uma empresa?

É lamentável que os títulos estejam lá, bem escarrapachados, para que uma pessoa "saiba como tratar o outro"! As pessoas só têm de ser tratadas com respeito e igualdade! É pedir muito?!

Só há 3 situações em que eu invoco as profissões das pessoas:

  • Na escola, sempre me dirigi aos meus professores, como professora ou professor e NUNCA como stôr ou stôra 
  • Num hospital trato tanto os médicos, como os enfermeiros pelos seus títulos, porque se estou lá é porque preciso deles  e também acho que faz sentido.
  • Quando a polícia me manda parar (foi uma vez e só precisei mostrar os documentos), olho para o distintivo e lá vem o Sr.º agente a caminho 

 

Felizmente ainda não fui presente a nenhum juíz, em tribunal, portanto ainda não invoquei o Meretíssimo!!! 

 

 

Quando os meus pais me registaram, deram-me o meu nome próprio, que adoro e não me foi atribuído nenhum título à nascença (pois é, não nasci em nenhuma família real, que chato ), e assim como eu milhões de pessoas deste país são Antónios, Joões, Marias e Joaquinas... 

Enquanto as pessoas não se convencerem que estes títulos académicos valem tanto como as moedas de 3€, este país não vai para a frente, o que é uma pena, uma vez que eu amo Portugal. 

Temos de valorizar as pessoas pelo que elas são, em vez do diploma que elas apresentam, assim como o profissionalismo deve ser avaliado pelo trabalho, esforço e dedicação de cada um e deveria ser recompensado apenas por isso! 

 

Mas é como digo, Portugal está contaminado por arrogância, imbecilidade e pomposidade! 

 

 

 

 

 

 

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D