Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blog sobre tudo e nada

O nome diz tudo, blog pessoal, partilhado com o mundo e para não ser levado (demasiado) a sério!

Blog sobre tudo e nada

O nome diz tudo, blog pessoal, partilhado com o mundo e para não ser levado (demasiado) a sério!

14
Ago17

Marrocos #6

Primeira impressão de Marrakech...CONFUSÃO!!!

O trânsito caótico, a multidão espalhada, diferentes cheiros nas ruas, pobreza, riqueza, souks, a arquitetura incrível, bem vindos à cidade vermelha!

 

Este dia foi dedicado à cultura, tinhamos connosco uma nova guia, a Hanna, que nos levou aos principais monumentos e a nossa primeira paragem foi na Mesquita da Koutoubia, um dos monumentos mais representativos de Marrakech. Bem perto da praça Jamaa el Fna, ao lado da avenida Mohamed V, a Koutoubia destaca-se pelo seu minarete de 69 m de altura, o edifício mais alto da cidade.

 

Da Mesquita seguimos para os Túmulos Saadis. O mausoléu contém os cadáveres de cerca de 60 membros da Dinastia Saadi que se originou no vale do Rio Draa e ficou conhecida por derrotar o nosso rei D. Sebastião (de quem ainda hoje esperamos que volte por entre o nevoeiro).

 

A próxima visita foi o palácio  construído no final do séc. XIX. de Abu Bou Ahmed.

A beleza e gradiosidade deste edifício é incrível! 

A parte mais interessante (insólita) do Palácio da Bahia é o harém das 4 esposas e 24 concubinas de Abu Bou Ahmed.

(o jardim das concubinas)

 

 (os tectos das diferentes divisões são únicos e de uma beleza singular)

 

Neste dia, o calor era muito e só queríamos um sítio para almoçar com ar condicionado,  para refrescar. Voltamos em direção à praça Jamaa el Fna, e por entre os souks, descobrimos o restaurante Mythe que foi o nosso ponto de encontro para as refeições que se seguiram, graças à variedade de pratos que apresenta, aos preços acessíveis e ao serviço que é bastante rápido! 

 

O último ponto turístico deste dia foi a visita à Medersa Ben Youssef , onde se pode visitar as antigas camaratas dos alunos (embora estejam já em ruínas, algumas), a zona de estudo e o pátio central. A estrutura actual desta escola corânica foi construída em meados de 1570 e restaurada em 1950.

 

 

Regressámos todos ao Riad para escapar às elevadas temperaturas da tarde, mas no final do dia voltámos todos à  famosa praça Jemaa el Fna para beber um ótimo sumo de laranja, jantar e apreciar as atracções, aquando do belo por do sol 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D