Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blog sobre tudo e nada

O nome diz tudo, blog pessoal, partilhado com o mundo e para não ser levado (demasiado) a sério!

Blog sobre tudo e nada

O nome diz tudo, blog pessoal, partilhado com o mundo e para não ser levado (demasiado) a sério!

10
Ago17

Marrocos #3

Chegámos ao terceiro dia desta viagem e o próximo destino é o deserto de Merzouga onde iríamos pernoitar num acampamento, com tudo a que esta experiência exigia.

 

Tínhamos tudo tratado com a empresa Rutas a Marruecos, e o nosso guia foi o simpático Youssef, que nos pôs logo à vontade e ao longo do caminho nos ia explicando as maravilhas daquela terra. Tínhamos um longo caminho pela frente, passámos pela Suiça Marroquina, em Ifrane, onde a arquitetura das casas em muito se assemelha às casa típicas Suiças, com os telhados bicudos e altos, mas a nossa primeira paragem foi em Azrou no Bosque de Cedros para conhecermos umas famílias muito simpáticas de macaquinhos (los monos)  super amorosos e muito tranquilos, que vivem em liberdade pelo bosque.

 

 

  Seguimos para Midélt, onde almoçámos e seguimos da parte da tarde pelo Valle del Ziz, onde encontramos um dos maiores palmeirais do mundo. Uma paisagem que vale muito a pena visitar, uma vez que o verde das palmeiras contrasta com o castanho da terra, das casas e do resto da paisagem.

 

 

 Chegados a Merzouga, tínhamos à nossa espera os nossos amigos dromedários que nos íam levar até ao acampamento, onde íamos passar a noite, numa jaima, como vivem os nómadas da região, por entre as dunas.

 

(oh pra eles, super fofos!!! )

(este foi o meu companheiro de viagem) 

(lá ia o grupo todo contente

 

A viajem de dromedário ainda demorou à vontade uns 40/45 min, com muito calor e na chegada ao acampamento tivemos uma excelente recepção, com música, chá de menta (este não podia faltar), bolinhos e amendoins 

 

 

 

Fomos-nos instalar na nossa jaima (tenho pena, porque como já era de noite não consegui tirar fotos)e de seguida fomos jantar.  E que jantar, sem dúvida que a melhor comida que meti nesta boca durante esta viajem, foi a comidinha do deserto!! O melhor frango grelhado, a melhor sopa  e os melhores hamburguers de sempre (entravam para o top 3 do projecto Best Burguer ). No final do jantar houve mais festa com estes senhores e depois de desgastar o jantar fomos-nos deitar, pois a viagem tinha sido longa e estávamos todos cansados, mas felizes!!  

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D