Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog sobre tudo e nada

O nome diz tudo, blog pessoal, partilhado com o mundo e para não ser levado (demasiado) a sério!

Blog sobre tudo e nada

O nome diz tudo, blog pessoal, partilhado com o mundo e para não ser levado (demasiado) a sério!

22
Jan17

Então, onde está o nosso desenrasque?

Ontem, ao final do dia, dirigia-me para casa, quando me deu uma vontade extrema de comer um hamburguer...ainda pensei parar muito rápido numa superfície fast food, mas entretanto apetecia-me mesmo era um hamburguer em bolo do caco!! 

Então lembrei-me de passar no Continente mais próximo e comprar um bolo do caco, para me deliciar em casa, com tudo a que tinha direito!!  Mal entro, espreito pela pastelaria Bom Bocado e reparo que ainda têm dois "bolinhos" sozinhos, mas decidi entrar mesmo na parte de supermercado, dirigindo-me à padaria/pastelaria para ver se também tinham e aproveitava e fazia mais umas compras!

 

Chego à padaria e vejo inúmeras qualidades de pão, menos o bolo do caco! Pergunto ao funcionário se não tinham bolo do caco e ele tristemente diz-me que já tinham acabado. Agradeci e fui fazer as minhas compras, lembrando-me que no café de fora, conseguiria o "bolinho".

 

Já de saída, direciono-me para a fila do Bom Bocado e peço à menina os dois bolos do caco que tinham na montra e a conversa que se seguiu foi esta:

 

Menina: "Oh desculpe, mas não temos bifes para fazer o prego no bolo do caco!"

Eu: "Oh não tem mal, eu não quero os pregos, só quero mesmo os "bolos"!"

Menina: "Mas eu não posso vender os pães sem ser como pregos!"

Eu: "Então mas se não tem os bifes, não vai conseguir fazer pregos e eu quero só os pães. Afinal de contas se nao os vender vão para o lixo, certo?"

Menina (toda envergonhada): "Sim, amanhã já não os podemos vender como pregos, mas agora também não os posso vender, porque não vendemos os bolos do caco sem ser em pregos!"

Eu: "Então e não mos pode vender como umas sandes e eu levo só os "bolinhos" comigo?"

Menina: "Desculpe, mas não posso fazer isso, porque aquele pão é mesmo só para os pregos!"

Eu: "Prefere então, deitar os pães fora e deixar de entrar dinheiro em caixa?"

Menina: "Eu não posso fazer nada, desculpe!"

 

Eu comecei a rir-me e lá me vim embora fudi**, a pensar que o Sr. Belmiro de Azevedo deveria dar um treininho aos funcionários de "como nunca perder dinheiro!"

Lá tive eu de voltar à superfície para buscar pão de hamburguer para saciar a minha gula!!

 

 

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D